quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Hérnia de Disco


Primeiramente, antes de falarmos o que é a hérnia de disco, precisamos entender a estrutura da coluna.

Coluna Vertebral
ADAMA coluna vertebral começa no crânio e estende-se até a pelve, ela é composta por tecido conjuntivo e por uma série de ossos: as vértebras. A coluna é constituída de 24 vértebras, sendo 7 vértebras cervicais, 12 vértebras torácicas e 5 vértebras lombares. Logo abaixo das vértebras está o sacro e o cóccix. Entre as vértebras existe o disco intervertebral, estrutura cartilaginosa, composta de uma parte central (núcleo pulposo ou líquido viscoso), de uma parte periférica cartilagionosa (anel fibroso) e de uma parte superior e inferior (placa terminal).

Função do Disco Intervertebral:
Sua função é a de absorver impactos, bem como permitir movimentos em diferentes eixos de rotação.

Afinal, o que é a Hérnia?
A palavra Hérnia significa projeção ou saída através de uma fissura ou orifício, de uma estrutura contida.
No caso de uma hérnia de disco (na coluna vertebral), é a saída do núcleo pulposo através de uma fissura do seu anel fibroso.

Estrutura normal da coluna
Fonte: www.clinicorpus.net
Estrutura com Hérnia de Disco
Fonte: www.clinicorpus.net
Fases da Hérnia de Disco:
A doença divide-se em 4 fases de acordo com o seu grau de degeneração. Devemos saber que ela pode estar ou não associada a outras patologias do disco vertebral e da coluna.

Hérnia de Disco / Tratamento/ Sintomas/ O que é / Coluna Vertebral
Fonte:www.fisioerapiagoiania.com.br

Fase 1 - Abaulamento Discal: O disco vertebral começa a apresentar sintomas de envelhecimento e suas fibras (anel fibroso) apresentam fissuras, deformando o formato do disco intervertebral.
Fase 2 - Protusão discal: Nessa fase o abaulamento do disco encontra-se mais proeminente, podendo atingir nervos e medula. A doença já está mais avançada e normalmente acompanhada de início de degeneração discal.
Fase 3 - Hérnia de Disco: Extrusão do disco vertebral, normalmente em estado avançado de degeneração discal. As estruturas nervosas podem estar comprometidas pelo estreitamento do canal por onde passam os nervos.
Fase 4 - Sequestro ou Fragmento: Ruptura da parte herniada. Uma parte do disco que se encontrava extruso se separa do disco e acaba comprometendo as estruturas nervosas.

Hérnia de disco / tipos / tratamento
Fonte: Google

Causas:
- Fatores genéticos tem papel importante quanto a degeneração do disco intervertebral;
- Sofrer exposição a vibração durante a longo prazo, combinada com levantamento de peso;
- Ter que na profissão dirigir frequentemente;
- Ter que na profissão carregar pesos diariamente;
- Cargas compressivas repetitivas;
- Algum trauma.

Fatores ocupacionais associado a um risco aumentado de dor lombar:
- Trabalho físico pesado;
- Postura de trabalho estática;
- Inclinar e girar o tronco frequentemente;
- Levantar, empurrar, puxar;
- Trabalho repetitivo;
- Vibrações;
- Psicológicos e psicossociais.

Sintomas:
Dor localizada nas costas, que normalmente piora com o movimento e pode irradiar para alguma parte do corpo.

Cervical:
- Dor e dificuldade de realização de movimentos do pescoço;
- Sensação de dormência e/ou formigamento no ombro, braço, cotovelo, mãos ou dedos;
- Fraqueza em um dos braços.

Lombar:
- dor na região lombar;
- Dor ao longo do trajeto do nervo ciático;
- Pode haver fraqueza nas pernas;
- Pode haver dificuldade em elevar a parte anterior dos pés.

Diagnóstico:
- Quadro clínico e histórico de hábitos de vida, condições de trabalho do paciente;
- Raio X de coluna é realizado para excluir outros problemas de coluna;
- Exames físicos;
- Ressonância magnética e/ou tomografia evidenciam a hérnia.

Tratamento:
- Tratamento medicamentoso prescrito pelo médico;
- Fisioterapia;
- Natação orientada por um fisioterapeuta;
- RPG (Reeducação Postural Global) orientada por um fisioterapeuta;
- Pilates orientado por um profissional qualificado na área;
- Osteopatia realizado por um profissional qualificado.
->> A cirurgia hoje em dia é indicada em último caso, e mesmo assim não existe garantia de que o paciente não terá mais dores, ou não terá a hérnia de volta.

Prevenção:
- Pratique atividade física regularmente;
- Evite sobrecarregar a coluna com altas cargas (o ideal de bolsas e mochilas é que elas pesem apenas 10% do seu peso);
- Mantenha a postura alinhada;
- Evite salto alto;
- Não sente com a carteira no bolso de trás da calça;
- Mantenho seu peso dentro do ideal;
- Evite fumar (substancias tóxicas do cigarro fazem com que o disco intervertebral receba menos nutrientes);
- Certifique-se de que no seu local de trabalho diário o computador está na posição correta, a coluna e os pés mantém-se apoiados. Em casa, redobre a atenção com pias, cama e sofás;

Sempre que cuidamos da nossa saúde com hábitos de vida saudáveis, não sofremos as consequencias mais tarde. Portanto, cuide-se e não sentirá essa dorzinha chata e incômoda!!!!

ATENÇÃO: As informações existentes neste blog pretendem apoiar e não substituir a consulta médica. Essas informações são de caráter educativo, por isso, em caso de dúvidas, não hesite em realizar sempre uma avaliação pessoal com um médico da sua confiança.


Fontes:
www.herniadedisco.com.br
www.patologiadacoluna.com.br
www.tuasaude.com.br
www.fisioterapiagoiania.com.br
www.minhavida.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário